Sábado, 13 de Outubro de 2007

O Brilho

Nos meus tempos de Madrid, acabei por conhecer algumas pessoas fantásticas – portuguesas, claro! – que tornaram menos penosa aquela estadia no país aqui do lado. A I. – minha companheira de hotel, trabalho, aventura e muito boa disposição - tinha uma história absolutamente transcendente de amor. Toda ela brilhava quando falava do seu mais-que-tudo que tinha ficado em Portugal. Ela cintilava, a pele dela irradiava felicidade, e eu, punha-me muitas vezes a pensar, o quão boa poderia ser aquela sensação e o que seria preciso para conseguir aquilo.

Que as pessoas brilham com momentos de felicidade ou porque o seu interior é próprio de uma estrela, isso já tinha visto. Agora, uma pessoa iluminar-se por dentro e por fora sempre que fala de outra, foi a primeira vez que assisti. E confesso que assistia deleitada, não tanto às histórias que ela contava, mas acima de tudo, à forma como as contava.

Não há cremes nem plásticas capazes de dar aquele brilho. Aquele brilho – acredito piamente – só assiste a algumas pessoas. A alguns que se permitem amar sem restrições e que põem essa felicidade acima de tudo.

Às vezes gostava de ser capaz... só para experimentar... só para saber como é...

TNT
tags: ,
publicado por TNT às 21:03
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Hailstorm a 14 de Outubro de 2007 às 09:47
Já somos dois...
De Cláudia Oliveira a 14 de Outubro de 2007 às 23:26
Eu já tive esse brilho e as vezescontinuo a ter. mesmo depois de tudo, pela forma como falo dele percebe-se a diferença, e é por aí que sei quem amo de verdade. Este brilho só acontece com ele!
De Bu a 15 de Outubro de 2007 às 10:57
Em tempos, já fui assim...
Mas com as desilusões ficamos cada vez mais racionais e menos emocionais, infelizmente :(
De cigana a 15 de Outubro de 2007 às 23:32
Achei este texto lindo! Creio que poucas pessoas cintilam.... Quando sentimos que conseguimos transmitir um sentimento especial e profundo já é algo fora do comum. Cintilar num êxtase perpétuo não é para todos os mortais...
De TNT a 16 de Outubro de 2007 às 15:09
Nem mais...
De V.A.D. a 19 de Outubro de 2007 às 01:52
É inegável, essa cintilação que dizes perceber em algumas pessoas. É quase contagiante, mas tem de ser sentida para poder ser avaliada em absoluto...
Votos de uma noite... Cheia de brilho! :-)

Um beijo...

Comentar post

.outros blogs da menina

. Interno Feminino

. Experimentámos

.pesquisar

 

.posts recentes

. 25 de Abril de 2012

. Petição "Impedir a Taxaçã...

. A Arte da Guerra

. Atenção lagartagem!

. Olhá boliiiinha!

. A propósito de redes soci...

. Thursday bloody Thursday

. Ensitel assim a dar para ...

. O enrabanço da EDP

. As crises

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.visitas


.subscrever feeds