Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Mediana... como toda a gente.

Às vezes gostava de ter uma relação mediana.
Daquelas que toda a gente tem.
Sem muitas alegrias. Sem muitas tristezas.
Apenas mediana.
Tranquila.
Sem stress.
Igual a toda a gente.
Pouco ambiciosa. Rotineira. Previsível.
Sem surpresas. Nem boas, nem más.
Apenas mediana.
Para ser medianamente feliz apenas .
Para ser apenas medianamente infeliz.
Para ser mediana.
Como toda a gente...

TNT
publicado por TNT às 00:05
link do post | comentar | favorito
|
41 comentários:
De cigana a 1 de Novembro de 2007 às 01:26
“De nenhum fruto queiras apenas a metade" – Miguel Torga
De TNT a 7 de Novembro de 2007 às 11:54
Mas à força de se querer tudo...
De Inocêncio da Silva a 1 de Novembro de 2007 às 17:07
O requesito essencial para se ter uma relação da estirpe de que falas é ser mediano tambem...consegues ser?
Não me parece Bombastica TNT...
O mundo que nos envolve é apenas e somente uma atracção da nossa polaridade.
Se tu és dinamite, apenas poderás atrair duas coisas: Fogo e polvora.

Ó rapariga, que melancolia que anda por esses lados...
Vê lá se arrebitas porque os homens continuam a fazer das deles...

Bjs
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 17:05
Eu diria que atraio outras coisas... Também começam por F e P como fogo e pólvora, mas têm adn diferente...
De Inocêncio da Silva a 8 de Novembro de 2007 às 17:24
Não te resignes a essa condição, pois tu atrais bem mais que isso...
De Silvéria a 1 de Novembro de 2007 às 17:35
Não me parece que sejas uma mulher mediana. Por isso, não te contentes com uma relação como todas as outras!!!
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 17:06
Ah... esta minha sede de contentamento!
Não há nada com que me contente!
De anikin a 2 de Novembro de 2007 às 08:11
Isto dava MESMO pano para mangas...

E nem me parece que seja esse o teu problema, mas nem consigo falar (eficazmente) disso aqui.
De alma_transparente a 3 de Novembro de 2007 às 14:31
Muitas vezes penso nisso...principalmente quando dou por mim a sair de uma situação em que vivi os extremos...e aí penso, porque é que não sou como toda a gente apenas?

De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 17:27
Ora nem mais!
De Kruella a 4 de Novembro de 2007 às 12:33
Achas que no inicio nada é mediano...talvez depois as relações fiquem assim...quando se conhece melhor a outra pessoa...mas de inicio não pode ser assim! Não te contentes em seguir um rebanho só para que pareça bem...sê a ovelha negra! A vida vale pelas emoções fortes!
;)
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 17:30
O tempo relativiza os extremos. Acaba por aproximá-los perigosamente do vulgar, do comum...
De Bruno, The Master a 5 de Novembro de 2007 às 00:58
Como sei que falas +/- a mm linguagem que eu, já nos anos 80 dizia que o "stuck in the middle" nuca leva a lado nenhum...
por isso alegra-te de estares numa das extremidades, é sinal que há alguma coisa digna de registo...

digo eu...
(desculpa o comentário "técnico")
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 17:31
Esteja à vontade shôtor!
De ruben a 5 de Novembro de 2007 às 10:29
vai aonde te leva o coração. mediano, extremo, banal, bombastico, são apenas conceitos inventados para explicar o que sentimos e vemos. são palavras e nada mais do que isso. quando o sentimento é profundo, os outros podem ver mediania mas o que se sente está muito longe do que eles podem imaginar.
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 18:21
Ele não me leva a lado nenhum, que eu não deixo!
Ataques de independência, não? Era só o que faltava!
De Allie a 6 de Novembro de 2007 às 22:31
A verdade é que às vezes apetece.
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 18:20
A verdade é essa!
Às vezes, sabia bem...
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 7 de Novembro de 2007 às 00:35
Ora viva!

Tudo o que é mediano, aborrece-me.
Prefiro: bom ou mau. Normal é banal.

Um abraço...
shakermaker
De TNT a 8 de Novembro de 2007 às 18:19
Aborrecido é pouco...

Comentar post

.outros blogs da menina

. Interno Feminino

. Experimentámos

.pesquisar

 

.posts recentes

. 25 de Abril de 2012

. Petição "Impedir a Taxaçã...

. A Arte da Guerra

. Atenção lagartagem!

. Olhá boliiiinha!

. A propósito de redes soci...

. Thursday bloody Thursday

. Ensitel assim a dar para ...

. O enrabanço da EDP

. As crises

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.visitas


.subscrever feeds