Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

O Síndrome Calimero...

Não quero com este post armar-me aos cucos mas sinto-me injustiçada...

Aparentemente farto-me de publicar verdades absolutas que são encaradas como loucuras e devaneios de uma gaja a chegar aos 40, com a mania que é moderna. Ora quando me refiro a verdades absolutas, quero com isto dizer, que depois de publicar algumas das minhas dissertações, sobejamente criticadas e refutadas de forma muitas vezes implacável, vêm pensadores e líderes de opinião com as mesmas teorias e toda a gente aplaude.

Ora bem... por esta ordem de ideias eu também devia ter um tacho qualquer, num qualquer canal de televisão e quem sabe, se assim não seria levada mais a sério!

Passo a exemplificar e a provar a razão de me sentir injustiçada: em Fevereiro deste ano, neste mesmo blog, falei de uma questão que me incomodava nos espaços públicos da mesma forma que o fumo incomoda. Disse que deviam haver zonas interditas a crianças, da mesma forma como existem espaços interditos a fumadores, uma vez que, as primeiras podem ser tão ou mais incomodativas que os segundos. Os comentários que recebi publicamente até foram de alguma solidariedade e simpatia. Porém, quem se escusou a comentar publicamente, olhava-me de soslaio como se eu tivesse uma daquelas doenças manhosas altamente contagiosas e contraídas em ambientes fétidos e viciosos, apenas frequentados por “gente da minha laia”!

Passados alguns meses, o ilustre Miguel Sousa Tavares fala desta mesma questão, faz exactamente a mesma comparação no espaço semanal da TVI e creio que numa crónica algures, e não se falava noutra coisa! Que realmente ele tinha razão, que era precisa coragem para dizer uma coisa daquelas, que homens destes já não há, etc...

Hum...

No final de Abril, aquando do aniversário do Interno Feminino e na minha ode ao sexo masculino, refiro que o essencial nas qualidades do homem era o seu desempenho sexual e a sua capacidade para me fazer rir.

Os comentários a que fui sujeita... que o que eu queria era isto e aquilo (se quiserem dar-se ao trabalho de ler, aqui está). De cabra insensível a frívola, de ridícula a redutora, passaram vários mimos deste género por aquelas páginas. O que me valeu é que era o aniversário e apesar de tudo, os moçoilos não quiseram ser muito mauzinhos... e claro, a moderação de comentários!

Ontem no programa de rádio do Júlio Machado Vaz com Ana Mesquita e sob a égide do tema felicidade, o guru das relações e da plenitude, revela que a essência da felicidade dos tempos modernos, reside precisamente no sexo e no riso... Desmistificada a origem da felicidade só me apetece é dizer: olha que m**da! Isso sei eu! Mas o que se passa é que é preciso é ser dito por “alguém importante” para as pessoas acreditarem...

Ora agora digam-me lá, se não tenho razão em sentir-me injustiçada...?!

TNT
publicado por TNT às 02:32
link do post | comentar | favorito
|
45 comentários:
De Allie a 20 de Novembro de 2007 às 09:18
Sim, tens razão. és uma vítima! :-DDD
De TNT a 20 de Novembro de 2007 às 11:39
Não sou nada vítima...!
Digo o que quero, quando quero, não me posso considerar vítima nenhuma.
Faz-me falta é "algo mais" para pagar as contas!!
De jonasnuts a 20 de Novembro de 2007 às 10:53
Não. Não tens razão para te sentir injustiçada.

Nós, que te lemos, é que temos razões para nos sentirmos pertença de um grupo exclusivo e privilegiado. Temos em primeira mão aquilo que as massas têm em segunda e às vezes em terceira mão.

Não falar para as massas não é, necessariamente, mau :)
De TNT a 20 de Novembro de 2007 às 11:42
Claro que não é mau!
E o privilégio é meu, por me lerem, obviamente...
O que me chateia é que quando sou eu a dizer as coisas, as pessoas têm tendência a encarar como enormidades e heresias; mas quando são os outros, as coisas passam a ser verdades absolutas!
Ora, ora!
De anikin a 22 de Novembro de 2007 às 01:18
Acho que não te levam a sério pelo tom "ternurento" com que dizes as coisas...

=;o)
De TNT a 22 de Novembro de 2007 às 03:29
De Precious a 20 de Novembro de 2007 às 11:17
Injustiça!!!!

Embora me considere um privilegiado...

...por ter a honra de ouvir em primeira mão as grandes verdades que serão ditas nos meses seguintes por outros ilustres... estes mais conhecidos do grande público!

E acho que devias começar por um programa na Sic Mulher, e acredito plenamente na subida de audiência num ápice!
De TNT a 20 de Novembro de 2007 às 11:43
Eh pá...
Também, não fazes a coisa por menos!
De AlfmaniaK a 21 de Novembro de 2007 às 02:05
Pela mesmo ordem de ideias, não devias levar mais a sério o comentário acima?
De O_Alminhas a 20 de Novembro de 2007 às 12:29
Este post deveria chamar-se "A importância da credencial"... é uma idiossincrasia bem nacional, não te preocupes! Fez-me lembrar, aqui há uns anos atrás (meados dos anos 90) quando o último governo do Cavaco criou uma coisa chamada "Fórum para a Competitividade", no qual participavam, além de toda a inteligentsia nacional, representantes de vários sectores da nossa economia, representantes da sociedade civil, das profissões, do patronato, dos trabalhadores, enfim, era uma espécie de think-tank dedicado a um objectivo: encontrar um caminho para Portugal, um rumo estratégico para Portugal! Chegaram à conclusão de que Portugal deve apostar, em primeiro lugar, no turismo, e, em segundo, na exportação de determinados produtos de excelência (vinhos, queijos, etc.). Veio o bloqueio da Ponte, e a morte anunciada do Governo do Cavaco, e nunca mais se falou nisto. No primeiro Governo do Guterres, convocaram um sábio americano (Michael Porter) para produzir um estudo que indicasse um rumo estratégico para Portugal, e ele concluíu - naquilo que ficou conhecido como o Relatório Porter - que o caminho para Portugal passava pela aposta no turismo, em primeiro lugar, e, em segundo, na exportação de determinados produtos de excelência (vinhos, queijos, etc.). Tocaram-se liras e pandeiretas, porque Portugal, pela mão do anjo Porter, já tinha finalmente um rumo! Do Fórum para a Competitividade é que mais ninguém falou,por acaso... Moral da história: o que é nacional é bom, mas o que é estrangeiro tem muito mais panache (mesmo que seja igual ou pior que o nacional...)!
De TNT a 20 de Novembro de 2007 às 12:43
Pois...
Isso então, é um clássico e muito mais corrente do que deveria.
E depois quando vamos trabalhar "lá fora" é que percebemos, que muitas vezes, somos infinitamente melhor do que eles. A questão da cabecinha baixa e da subserviência face aos "importantes" é quase nauseante...
De oamante a 20 de Novembro de 2007 às 12:37
Não me lembro se li os posts em questão ou não, mas o assunto das crianças nos cafés vai mais longe do que se pensa: nos Estados Unidos (sim, os da América!) há cafés onde está afixado à porta a proibição de entradas a crianças! Tem dado muita polémica.
Eu tenho dois filhos e deixo-os brincar porque lhes faz bem, as gosto quando as pessoas me dizem que eles se portam muito em espaços públicos. É tudo uma questão de educação. Lá virá o dia em que eles me possam dar uma dor de cabeça... mas se for uma vez na vida...
Ah! Eu odeio ver filhos fazer birra no supermercado, nos cafés ou onde quer que seja. Desde que não seja por dor, não vejo razão naquilo.
Quanto ao resto... ri-te, ri-te! Lol . És livre de dizer o que te apetece e eu de o aceitar ou não. Agora, não te vou insultar por causa disso... desanco-te no blog, ora! Mas desanco sem ser ofensivo, desde que não me ofendas, claro.
Ah! (outra vez) Obrigado por me teres defendido de quem me chama de «tosco»! Merci!
De TNT a 21 de Novembro de 2007 às 14:48
As voltas que eu tive de dar à cabeça para me lembrar do que falavas! Recorri à nossa amiga comum que rapidamente me elucidou.
Claro que corri em tua defesa! Mas com parcimónia e muito tacto!
De oamante a 22 de Novembro de 2007 às 08:57
Devido à pressa, engoli algumas letras e palavras pelo que aqui vai a emenda do segundo parágrafo:

Eu tenho dois filhos e deixo-os brincar porque lhes faz bem, mas gosto quando as pessoas me dizem que eles se portam muito bem em espaços públicos.

Achei que não se percebia bem sem esta emenda.
De Inocêncio da Silva a 20 de Novembro de 2007 às 13:57
Nem mais rapariga, exige o que é teu de direito...
Se precisares de capanga para fazer a folha a esses oportunistas que tem vindo, de forma sistemática, roubar-te as ideias, conta comigo...
Começamos nos teus "Gurus" e acabamos no meu professor de Física do 10º ano que banalizou a minha teoria de um motor magnético que não necessitava de praticamente nenhuma fonte energética...e agora andam os japoneses a desenvolver algo muito parecido.
Se não fosse essa corja, o mais provável era estarmos nas Maldivas a beber cocktails com roupas minúsculas, sob um sol escaldantemente delicioso...

Filhos da #*++»«
De TNT a 20 de Novembro de 2007 às 14:21
heheh... devo confessar que me agrada bastante essa ideia das Maldivas!
Quanto aos gurus, não creio que me roubem as ideias, nem sequer penso nisso, como deves calcular.
Mas fico um bocadinho irritada por as pessoas reagirem tão bem às teorias deles, provavelmente, depois de terem reagido mal às mesmas teorias lidas num blog do sapo...
Ou seja, o que é importante é o emissor e não a mensagem...! E isso irrita-me!
De Inocêncio da Silva a 20 de Novembro de 2007 às 17:25
Nem mais...
Se vier a publico um humilde desconhecido com uma ideia/conceito inovador, profundo, dogmático, o mais provável é ser achincalhado - "Olho gajo(a) armado em esperto(a)!"
Por outro lado vem o catedrático, senil e a cair de maduro (por vezes...), escarra para o ar algo fútil e tem a seus pés os media e as editoras.

Não há pachorra...
De antídoto a 21 de Novembro de 2007 às 13:26
É a psicologia de rebanho, não há nada a fazer.

Por motivos similares é que sempre fui considerado atrevido, estouvado, arrogante e mal educado.

Hoje, por causa da idade, só me consideram excêntrico
De TNT a 21 de Novembro de 2007 às 14:49
Pena é não sermos daqueles excêntricos do euromilhões...
De eusoutiagorolo a 21 de Novembro de 2007 às 15:10
Éeeeee Páaaaa……………


Comento o segundo paragrafo…….faço surf na costa mas não consigo ainda orientar-me em cima da prancha (não digo por de pé, senão ainda levam par outro lado), sou ou estou todo o ano bronzeado, mas no verão se apanhar muito sol fico preto (assim terias dois em um), um humor desconcertante (até calado faço rir), sei mais do que tu em todos os aspectos (pois parto do principio que não concordo com nada do que dizes), com certeza que poderia ser apresentado aos teus amigos e amigas (amigos de preferência, adoro serões ao “sobe e desce” a dinheiro), por fim sou um eterno escravo do orgulho, desejo, tempo, espaço, dedicação e afins, isto se olhar para a minha mão vendo a continuação da tua.
The Best, é seres quarentona, a bem dita “ternura dos quarenta”, aqui tenho a certeza que não iria utilizar os “dentes errados”….primeiro os molares depois os caninos.

P.S- o mais engraçado é que não queres nada disto, leio na tua escrita o seguinte:

- alguém que tenha o poder de ON/OFF, dessas células cinzentas que tanto te atormentam. E ai sim, orgulho, desejo, tempo, espaço, dedicação e afins.
De TNT a 21 de Novembro de 2007 às 15:16
... WHAT???
De eusoutiagorolo a 21 de Novembro de 2007 às 17:39
what????

In answer to your question "De qualquer modo, vou deixar aqui o perfil do meu ideal. Sei lá... pode ser que alguém se chegue à frente...!".
I believe that I am inside the profile, therefore I ran describing me.
So, therefore I stay at your disposal.

Goodbye and embraces

your perfect boy

hiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

De TNT a 22 de Novembro de 2007 às 03:19
Atendendo a que esse post a que te referes foi escrito em Abril no meu outro blog, tens de convir que não estava a perceber nada dessa conversa!
Agora sim, já me situei!
É que não estava mesmo a ver o que é que isto tinha a ver com o Síndrome Calimero...
De eusoutiagorolo a 22 de Novembro de 2007 às 09:58
Barra de dinamite:


Peço desculpa por não ter sido mais explicito. Pois quando abri o link, e leio o teu post de Abril, esqueci-me do outro "sindroma calimero".
E aproveitei e cheguei-me a frente a ver se colava.
De TNT a 22 de Novembro de 2007 às 14:30
E fizeste tu muito bem!
De eusoutiagorolo a 22 de Novembro de 2007 às 14:57
É páaaa

Nao colou, mas não me dou como derrotado amiga TNT (Tou Na Net)


kisssssss

De PINK a 21 de Novembro de 2007 às 15:56
Quem dera ao Calimero!!!!
Só é preciso ter calma TNT porque vai chegar lá...antes deste TNT e do Interno Feminino a audiência para essas verdades era menor , não era? Tem dúvidas de que a audiência só tem tendência para crescer? Venha o livro e depois conversamos novamente! :)
De TNT a 21 de Novembro de 2007 às 16:29
Ai o livro... foi tão preterido...
Mas pelos vistos, é necessário, se quero ser levada em conta.
De PINK a 21 de Novembro de 2007 às 20:41
Ah, pois! Mãos à obra! I can't wait...
De anikin a 22 de Novembro de 2007 às 01:28
O levar em conta já não garanto nada...
...mas escreve que eu compro.
De TNT a 22 de Novembro de 2007 às 03:30
Mais um freguês!
De curiosa a 28 de Novembro de 2007 às 00:49
Não resisti!
Daqui podes contar com mais um freguês.
Toca a escrever !!!
De ruben a 21 de Novembro de 2007 às 22:39
há coisas que são ditas nos blogs das meninas do interno que eu acredito e concordo e coisas que o mst diz e apesar de ser quase Deus para mim (perdoem-me a blasfémia ) eu não concordo e vice versa. não, este post para mim não é relevante. ah, o jmv apesar de ser divertido também diz muitos lugares comuns e algumas "calinadas".
De TNT a 22 de Novembro de 2007 às 03:31
Tou triste!!!
De ruben a 22 de Novembro de 2007 às 20:46
não estejas, porque salvo a excepção que confirma a regra, a mainstream costuma estar sempre errada!!!!!

Comentar post

.outros blogs da menina

. Interno Feminino

. Experimentámos

.pesquisar

 

.posts recentes

. 25 de Abril de 2012

. Petição "Impedir a Taxaçã...

. A Arte da Guerra

. Atenção lagartagem!

. Olhá boliiiinha!

. A propósito de redes soci...

. Thursday bloody Thursday

. Ensitel assim a dar para ...

. O enrabanço da EDP

. As crises

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.visitas


.subscrever feeds