Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

Os pecados mortais

Eu, pecadora me confesso!

Sofro de gula... imensa gula... seria feliz se passasse o dia inteiro a comer... já com 200 kg e a continuar no desassossego da comida! Mas não. Obrigo-me a resistir de forma a ter alguns prazeres do palato sem comprometer os dois dígitos na balança. Embora contrarie este pecado, a verdade é que ele existe dentro de mim e de que maneira!

A preguiça também me assalta de vez em quando. Sei que poderia fazer mais do que faço... mas não me apetece! Sei que há preguiçosos, bem mais preguiçosos que eu, mas devo dizer que quando a coisa me ataca, sou capaz de ficar numa astenia quase assustadora. E mais: consigo aliar os dois pecados de forma exemplar! Comer e dormir: muito bom!

Já muito se tem falado dos pecados mortais... pecados capitais... que nos lixam e de que maneira. Já se escreveram livros sobre o tema. Grandes filmes também já foram feitos. Porém, na vida real, vejo que existe pelo menos mais um pecado deste género que nos lixa e bem, e deixa os outros especialmente lixados. A honestidade...

A honestidade, em termos personalísticos, é muito mal vista nos dias que correm. É incomodativa. Causa transtorno. Provoca situações constrangedoras. É tramada para os cínicos. É insultuosa para os sonsos. É particularmente complicada para os hipócritas. E, consequentemente, bastante nefasta para os honestos.

Quando falo em honestidade, não me refiro necessariamente à praticada pelo Abe Lincoln que percorreu não sei quantos quilómetros para devolver uns quantos cêntimos enganados num troco. Falo da honestidade como pessoas. Da coerência e consistência. Da defesa de ideais. Da argumentação face às convicções. Da coragem da assunção.

No reino actual de sonsos e hipócritas a honestidade é um tremendo pecado. Da próxima vez que se faça um filme sobre o tema, proponho que “Eight” seja o título...

TNT
publicado por TNT às 13:19
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De monge a 25 de Fevereiro de 2008 às 04:55
em jeito de sequela...

Quando bem fundamentada, a 8onestidade nas convicções é também o antídoto para o 7épticismo.


(ah...e não te preocupes, nunca te deixaria chegar aos 200Kg)
De TNT a 25 de Fevereiro de 2008 às 23:13
Eu sei disso!
Mas ainda tinha de investir bastante para lá chegar...
200 quilitos de gula, é obra!
De Allie a 25 de Fevereiro de 2008 às 10:45
Não sendo totalmente desonesta, ainda não sofro do pecado n.º 8! :-D

Mas a gula e a preguiça... oh sim, sofro e muito.
De TNT a 25 de Fevereiro de 2008 às 23:14
Nem queiras sofrer... só traz amargos de boca.
Believe me ... I know!
De Cláudia Oliveira a 25 de Fevereiro de 2008 às 12:37
Honestidade...
É um pecado?! Não deveria ser,ou estou errada?!

Com a verdade magoa-se mta gente, há pessoas que preferem viver na mentira.
Conheço pessoas assim...
De TNT a 25 de Fevereiro de 2008 às 23:16
Ainda não vem listado, mas creio que se a coisa continuar assim, há-de ser mais grave ser honesto que criminoso!
De Inocêncio da Silva a 25 de Fevereiro de 2008 às 16:03
Como não sou de dormir muito (força das circunstâncias) e retiro pouco ou nenhum prazer da alimentação (não obstante, aprecio a parte técnica da coisa...), sou forçado a opinar à cerca da honestidade!

Como qualquer ferramenta, é útil desde que se saiba utilizar. É uma das marcas mais distintas do espírito humano, e quando usada como prisma de percepção permite ver o mundo sem amargura...e isto de ver o mundo sem amargura, apesar de ser um dos pilares da felicidade, tem os seus inconvenientes!
Numa criança é enaltecedor, num adulto...somos uns trouxas na maior parte das vezes!
De TNT a 25 de Fevereiro de 2008 às 23:20
Pecadora (ou trouxa) me confesso!
De Carla M. a 25 de Fevereiro de 2008 às 20:46
Confesso que já leio o teu blog há algum tempo mas só agora me senti induzida a comentá-lo. Gosto de te "ler", aprecio a forma objectiva como abordas estas temáticas. Pois que agora disseste uma grande verdade, deve ser um dos mais "pecaminosos" pecados da sociedade actual...ser honesto entre tanta hipocrisia e cinismo. Impera a falta a caracter, de valores e até de respeito próprio...mas felizmente declaro-me culpada, pecadora!=) Infelizmente nos dias de hoje é mais fácil confundir honestidade com tolice, mas continuo a achar que vale a pena. Gosto de ser alguém com conteúdo e não alguém vazio e moldável a todas as circunstâncias. What I see is what you get!=) Parabéns pelo blog.*
De TNT a 25 de Fevereiro de 2008 às 23:22
Eu, obviamente, também não pretendo mudar só para agradar quem está habituado a tretas. Não faz o meu género calar-me perante injustiças só para não levantar ondas!
Tal como tu, what you see is what you get!
Não gostam? Azar! Mudem-se!
De cigana a 26 de Fevereiro de 2008 às 11:49
Confesso-me culpada dos 3 em causa. Não sei qual dos 3 é mais difícil de controlar!
Além de sentir tudo o que digo, digo tudo o que sinto, o que é um erro crasso pelo qual já fui severamente punida ao longo da vida. Dizem que tenho o coração ao pé da boca... E o estômago também! Pela boca morre o peixe, não é assim?
De cigana a 26 de Fevereiro de 2008 às 20:16
Mas deixa-me que te diga que se jantasse muitas vezes contigo, quem chegava num instante aos 200 kg era eu!

Comentar post

.outros blogs da menina

. Interno Feminino

. Experimentámos

.pesquisar

 

.posts recentes

. 25 de Abril de 2012

. Petição "Impedir a Taxaçã...

. A Arte da Guerra

. Atenção lagartagem!

. Olhá boliiiinha!

. A propósito de redes soci...

. Thursday bloody Thursday

. Ensitel assim a dar para ...

. O enrabanço da EDP

. As crises

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.visitas


.subscrever feeds