Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008

Ode aos Importantes... porque dos outros não reza a história!

Em altura de balanços acho que devo fazer justiça a algumas pessoas da minha vida que se tornaram especialmente importantes ao longo deste ano.

Homens

Ao M., que sem nada me dizer, tudo me disse ao ajudar-me em tudo. Sei que posso sempre contar com o seu silêncio e enorme vontade de me ver bem. Obrigada.

Ao G., que até saiu da sua concha para estar comigo. Sei o quanto lhe custou e estou eternamente agradecida.

Ao P., que me conhece há mais de 30 anos e nem conseguia acreditar que algum dia me veria assim. Teve primeiro de assimilar o que viu e depois explicou-me que eu era maior que tudo isso e que jamais me deixaria cair. Está a milhares de kms de distância e ainda assim não se esquece de mim. Thanks, my precious and insane friend.

Mulheres

À A., que, mesmo longe, esteve comigo a ajudar-me sabendo que eu estava como nem sabia ser possível. Que se desdobrou para saber como se bloqueava um site que eu teimava que me atormentasse. E conseguiu. E com isso, me fez recuperar mais do que se possa imaginar. Muito obrigada pela ajuda.

À C., que passou tardes comigo a consolar-me do que não havia consolo. Que me abanou para eu acordar. Que me fez ver que há coisas que embora pareçam horríveis, podem ser o melhor que nos pode acontecer na vida. Muito obrigada por tudo.

 

À S., que me trazia sopinhas e livros. Que me falava da fraqueza dos outros que não me mereciam. Que ainda bem que tudo tinha acontecido mais cedo e não mais tarde. Que me tinha livrado de boa. Porque tudo soava a falso ou a fraco. E que eu não precisava disso na minha vida. Obrigada pela pessoa que és.

À X., que sem grandes floreados, mas com o seu sentido prático e louco, me conseguiu fazer rir no meio de uma enorme tristeza, ao sacar de um martelo e de uma chave de parafusos e com mestria de arquitecta, abriu e desfez um sonho que afinal era só meu. Muito obrigada miúda.

À B., que com o seu coração maior que a sua altura de 1,80m me fez ver que eu era maior que a tristeza e que merecia melhor. Que eu sempre tinha sido o apoio para todos e que escusava de continuar a ser a Super-Mulher e que agora era altura de os outros estarem lá para mim. Muito obrigada B.

E finalmente à T.
A T. que se destacou pela sua enorme bondade e vontade de me ver bem. Por vezes, acho até que ela ficou mais infeliz que eu por me ver naquele desespero. Que tudo fez para que tudo se recompusesse e quando viu que já não era possível, tudo tem feito para me elevar ao meu estado normal. Falou com todos os que me podiam ajudar e sei como lhe foi difícil algumas vezes. Que com a sua sensatez me explicou onde eu estava errada. Que com o seu sentido de justiça me disse que também ela se sentiu traída e enganada. E que eu não estava e não estou sozinha na minha dor e que dos fracos não reza a história. Ela foi e é a amiga que todos deveríamos ter a honra e o privilégio de ter. Muito obrigada.

Sou uma sortuda por ter amigos assim.

Mas têm de convir que também têm uma sorte do caraças por eu existir nas vossas vidas!

 

TNT
 

publicado por TNT às 18:41
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De cigana a 30 de Dezembro de 2008 às 19:24
Querida TNT, é um privilégio constar desse rol, é bom poder ajudar-te, quem me dera poder fazer mais!
Tu entras como um furacão na vida de uma pessoa e tudo ganha outra dimensão, outro brilho. E em breve sei que iremos ver-te de novo em todo o teu esplendor!
Força, bom ano novo!
YES, WE ARE LUCKY!!!
De TNT a 30 de Dezembro de 2008 às 19:42
Obrigada!
Um excelente 2009!
De becas a 31 de Dezembro de 2008 às 18:05
Anie não há nada mesmo nada para agradecer, os amigos são para todos os momentos e para a vida e é por isso que somos amigas. Desejo-te um mega ano , em que todos os teus desejos se concretizem! bjos
De TNT a 1 de Janeiro de 2009 às 17:31
Desta vez fui contra as regras: não pedi desejos, não engoli as passas/uvas a correr competindo com as doze badaladas, não estreei roupa interior azul, não agarrei em dinheiro, não brindei com champagne, não saltei para cima de uma cadeira e não estive com quem mais gosto.
Não mandei montes de sms, não fiz montes de telefonemas. Não cozinhei. Não inventei que tinha de me divertir. Também não fiquei nostálgica. Não fiz balanços nem exigências a mim própria como sempre faço.
Olhei para a minha lista de desejos do ano passado e vi que concretizei um que dependia apenas de mim: emagrecer. Estou quase a ficar boa como o milho e espero, em breve, ficar pu*a como as galinhas!
Um mega-ano para todos da lista acima e para mais alguns que, apesar de não terem sido mencionados, merecem igualmente.
Um ano feliz para ti. Tranquilo. Bem. Com tudo o que almejes e com algumas surpresas também!
Vamos ser felizes, não vamos?
Bjs
Annie
De Cláudia Oliveira a 5 de Janeiro de 2009 às 10:54
Nós achamos que sabemos tudo, até sermos apanhadas de surpresa. Achamos que tudo vai passar porque nos dizem que somos fortes. Que o tempo cura tudo. Que ninguem merece o nosso sofrimento. O pior é que só nós sabemos a dor que nos consome e nada do que nos podem dizer pode curar. sim, ajuda. por momentos. e no fundo tu sabes, eu sei, que tudo vai passar. porque a vida é assim. tudo passa. tudo se pode resolver. e enquanto isso passa e nao passa só os amigos nos podem ajudar. sao eles os nossos pilares e qdo se tem amigos GRANDES, tudo vale a pena. e é neles que se dele acreditar, venha quem vier. afinal estamos cá de passagem, um dia vamos embora, portanto nao vamos gastar tempo com dor. as pessoas à nossa volta nao merecem. nós nao merecemos. e um dia... ainda te vais rir de tudo.

bom ano tnt
De TNT a 5 de Janeiro de 2009 às 13:30
Por acaso acho que nunca me vou conseguir rir dos acontecimentos.
Mas que de facto há pessoas que não merecem o nosso tempo e dor, quanto a isso, nem há discussão.
O tempo cura algumas coisas, mas temos de ser nós a fazer por isso. Não podemos ficar à espera do tempo. O tempo é apenas um aliado, não um salvador.
Obrigada por tudo e um excelente 2009 para ti!
De PINK a 5 de Janeiro de 2009 às 11:25
Que belas notícias!!!TNT de volta!!!! Obrigada a todos (as) que ajudaram mas não se esqueça que apesar das ajudas o esforço foi seu e a conquista também. Eu cá não esperava outra coisa!
Bom 2009!!!

De TNT a 5 de Janeiro de 2009 às 13:34
Muito obrigada!
As conquistas são sempre colectivas. Tem de haver um objectivo definido e todos os que nos rodeiam e que gostam de nós têm de ajudar a alcançar a meta.
Faltam poucos dias para a normalidade e nem me atrevo a desafiar mais o que a vida me apresenta.
Mas tudo se está a compor... devagar e com muita paciência. Afinal, não é todos os dias que nos confrontamos com a morte de um sonho. Não é fácil.
Bom Ano Pink!

Comentar post

.outros blogs da menina

. Interno Feminino

. Experimentámos

.pesquisar

 

.posts recentes

. 25 de Abril de 2012

. Petição "Impedir a Taxaçã...

. A Arte da Guerra

. Atenção lagartagem!

. Olhá boliiiinha!

. A propósito de redes soci...

. Thursday bloody Thursday

. Ensitel assim a dar para ...

. O enrabanço da EDP

. As crises

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.visitas


.subscrever feeds