Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

As saudades que eu já tinha da minha alegre casinha...

Noutro dia fizeram-me uma observação curiosa...
“Tu nunca gostaste realmente de ninguém... tu limitas-te é a gostar que gostem de ti”. Isto é muito mau, convenhamos...

É verdade que nunca sonhei com a alegre casinha, embora a tenha tido até mais perto que a maior parte das pessoas (semi private joke... eheh). Mas o sonho que a maioria das meninas têm do maridinho e dos filhinhos, eu nunca o tive... O que, de resto, causou e continua a causar imenso transtorno a muito boa gente. Adiante...

A cultura dos afectos, não me atingiu. O sonho do príncipe encantado não me bateu à porta. A alegria e realização através dos filhos, nem sequer nunca espreitou. A paixão, essa, nem sequer me acenou ao longe.

Creio que só uma vez me aconteceu gostar mais de alguém, que esse alguém, de mim. E confesso que não gostei da sensação. E agora, quando olho para trás para as minhas relações, posso ver que fui muitas vezes injusta, por nem sequer perceber o estado em que eles se encontravam. Peço desculpas especificamente ao CN, ZP e R, que gostaram infinitamente mais de mim, que eu deles.

Chego a pensar se não serei demasiado masculina nas relações, ou seja, caço, consumo e deixo os despojos para os necrófagos.

TNT
publicado por TNT às 15:11
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De oamante a 26 de Fevereiro de 2007 às 16:19
Gostei... Lol... mesmo.
Caçadora! Tal como nós homens!
Sabes... prefiro-vos assim: alguém a quem possa olhar nos olhos e entrar num jogo de sedução às claras, medindo todos os passos.
Ter alguém a me fazer frente. Mas também sou um carneiro. (nunca percebi essa do carneiro ser um dos signos mais fogosos e audazes do zodíaco?! Devíamos ser Caçadores!).
Agora, na caça, nós homens, temos uma falha: é que apesar das mulheres não acreditarem, nós amamos loucamente as que nos caem nos braços... só que essa paixão depressa acaba e vira-se para outras!
Tens de criar uma paixão algures, na tua vida.
Até porque são as paixões que nos dão estofo para a vida. Aprendemos a não ter tudo o que queremos, aprendemos a sofrer e isso faz parte da vida e do nosso crescimento.
Esta é apenas uma perspectiva da coisa!
De TNT a 26 de Fevereiro de 2007 às 16:35
Há relativamente pouco tempo, provei o sabor da paixão. É amargo. Não gostei. Prefiro champagne e morangos!
De paulo a 26 de Fevereiro de 2007 às 16:36
estás quase lá.
mais uns tempitos e vais pensar como foste capaz de escrever este post.
estás no bom caminho, é só uma questão de tempo.
De TNT a 26 de Fevereiro de 2007 às 17:05
Caro paulo,
Quase lá? No bom caminho?
Acho que nunca andei por tão maus caminhos como agora!
De antídoto a 26 de Fevereiro de 2007 às 18:04
O facto é que há imensos homens a sentir e agir exactamente como aqui a nossa amiga.
Mas aparece uma mulher a afirmá-lo e é um ai Jesus, pois que não pode ser, pois que não deve ser, pois que não fica bem...
Na realidade uma imensa maioria de homens não se aguenta à bronca com mulheres fortes, ou as acham inatingíveis ou ficam perdidos quando elas não reagem como esperado.
Mas este tema daria para para uma tese...
De TNT a 26 de Fevereiro de 2007 às 18:08
...ou duas!
De cigana a 26 de Fevereiro de 2007 às 23:17
Olha, olha... cá temos a TNT bombástica e predadora! Cá estarei para te apreciar. Mas o sabor da paixão não é amargo (só quando termina mal). É um sabor forte, com muita pimenta e adrenalina, em que se fica facilmente viciado. Tipo coca, suponho...
De TNT a 27 de Fevereiro de 2007 às 00:58
Mas não é para mim...
Não é um vício que me assente bem. E o sabor é acre demais para o meu palato exigente.
Existe algum serviço daqueles dos 12 passos para uma pessoa se deixar disto? AA - Apaixonados Anónimos?
Devem ser só histórias tristes!
De cigana a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:50
Lembras-te de um anúncio antigo na Tv que fazia propaganda não sei bem a quê (cerveja?...), dizendo: UM SABOR AMARGO-DOCE DE QUE SE APRENDE A GOSTAR.
Ora aí está!
De TNT a 27 de Fevereiro de 2007 às 12:18
Era da tónica... que eu adoro!
De Tytas a 28 de Fevereiro de 2007 às 14:51
Gostas de viver assim, vive e aproveita, os homens é que não estão habituados que as mulheres lhes façam o que eles fazem sem dar por ela, estamos cada vez mais individualistas e eles não apreciam.
Se eles podem ter um sem fim de mulheres porque nós não podemos ter um sem fim de homens.
De TNT a 28 de Fevereiro de 2007 às 16:16
Eu vou tendo... para equilibrar as estatísticas!
De Carla a 28 de Fevereiro de 2007 às 15:00
Não se trata de sermos ou não sermos masculinas nas relações... somos simplesmente inteligentes, no verdadeiro sentido da palavra!
Eu também nunca sonhei em casar-me ter filhos, não como objectivo de vida... e hoje sou casada, tenho uma filha e uma alegre casinha...Tudo acontece quando tem de acontecer. mas é mesmo verdade que muitas vezes a necessidade que temos de não estarmos sozinhas leva-nos a deixarmo-nos amar e como forma de defesa não nos entregarmos da mesma forma, não amamos da mesma maneira... mas isso nada tem de masculino, todos os Homens ( e aqui incluo-nos a nós mulheres) são caçadores, todos gostam de ter os seus troféus, e quando no final acabamos por dispensá-los é, simplesmente, porque não nos interessava!!
De TNT a 28 de Fevereiro de 2007 às 16:19
Ou por já não nos interessa... Já consumimos o que queríamos e deixamos os restos para outros menos exigentes.
No fundo, uma política despesista e derrapante!

Comentar post

.outros blogs da menina

. Interno Feminino

. Experimentámos

.pesquisar

 

.posts recentes

. 25 de Abril de 2012

. Petição "Impedir a Taxaçã...

. A Arte da Guerra

. Atenção lagartagem!

. Olhá boliiiinha!

. A propósito de redes soci...

. Thursday bloody Thursday

. Ensitel assim a dar para ...

. O enrabanço da EDP

. As crises

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Julho 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

.visitas


.subscrever feeds